terça-feira, 19 de outubro de 2010

Não me venha com meios-termos, com mais ou menos ou qualquer coisa. Venha a mim com corpo, alma, vísceras, tripas, suspiros e falta de ar... Porque meu coração não quer viver batendo devagar. Meu coração não quer viver batendo devagar. Meu coração nao quer... devagar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário